Embora os metais ferrosos e não ferrosos sejam usados há muito tempo em uma grande variedade de setores industriais para criar uma gama ainda maior de produtos, as diferenças entre os dois tipos ainda não são amplamente compreendidas.

Por isso, preparamos este artigo completo sobre o assunto. Aqui você vai entender as diferenças entre eles, ver uma lista com metais de cada tipo e conferir seus principais usos.

A Aços Nobre é referência na distribuição de aços, ferros e metais não ferrosos. Solicite seu orçamento online, em breve retornamos seu contato para conversarmos sobre sua demanda.

Solicitar Orçamento

Você também vai gostar de ler:

➡️ A importância da normalização do aço

➡️ Como escolher entre bronze e latão?

➡️ Aço X ferro fundido: tabela de diferenças

Confira as diferenças entre metais ferrosos e não ferrosos.

Qual é a diferença entre metais ferrosos e não ferrosos?

A resposta simples é que os metais ferrosos contêm ferro e os metais não ferrosos não. A resposta mais aprofundada é que cada um dos metais ferrosos e não ferrosos têm suas propriedades distintas. Essas características determinam as aplicações industriais mais adequadas para cada um.

Os metais não ferrosos são usados ​​desde o início da civilização. A descoberta do cobre em 5.000 a.C. marcou o fim da Idade da Pedra e o início da Idade do Cobre. A invenção posterior do bronze, uma liga de cobre e estanho, deu início à Idade do Bronze.

Esses metais ainda são usados ​​hoje em toda a indústria de fabricação de metal.

O que é metal ferroso e suas propriedades

Metal ferroso refere-se a qualquer metal contendo ferro. Por causa desse elemento, os metais ferrosos são magnéticos, fortes e duros. Portanto, esses materiais são frequentemente usados ​​para a construção de casas, tubulações de grande escala, recipientes industriais, aplicações de construção e engenharia.

Os metais ferrosos também contêm uma grande quantidade de carbono, o que os torna suscetíveis à ferrugem quando expostos à umidade. Entretanto, existem exceções, pois o aço, por exemplo, pode receber elementos de liga que o tornam mais resistentes à corrosão, como é o caso do aço inoxidável, com seu alto teor de cromo. Além disso, o ferro forjado também possui resistência à ferrugem já que contém altos níveis de ferro puro.

Características do metal não ferroso

Os metais que não contêm ferro são classificados nessa categoria. Ao contrário dos metais ferrosos, essas ligas são maleáveis ​​e mais leves, particularmente úteis onde a resistência deve atender às restrições de peso, como na indústria aeroespacial.

Existem propriedades distintas no material, que são principalmente metais puros ou ligas sem ferro. Eles são em sua maioria não magnéticos.

Além dos metais não ferrosos como alumínio, cobre, chumbo, zinco, estanho, metais preciosos como ouro e prata também estão nessa categoria, sendo usados ​​para fins estéticos.

Como não contêm ferro, são mais resistentes à corrosão e à ferrugem. Por isso são adequados para tubulações, calhas, telhados e letreiros externos. Eles são essenciais para aplicações eletrônicas e de fiação.

Lista de metais ferrosos

Barras de aço redondas.

Aço

O aço é uma combinação de ferro e carbono, com o carbono sendo usado para endurecer o ferro. Mais especificamente, o aço é feito por aquecimento e fusão do minério de ferro em fornos, sendo despejado em moldes para formar barras. Essas barras de aço são amplamente utilizadas em diferentes setores industriais.

 ➡️ Como é a fabricação do aço? – Blog

Aço carbono

Como o nome indica, o aço carbono tem uma composição de carbono mais alta do que os outros aços. Geralmente, são aços de uso geral.

Aço inoxidável

Possui alto teor de cromo, o que o torna mais resistente à corrosão do que o aço carbono. Este material pode ser usado para fazer eletrodomésticos, produtos farmacêuticos, equipamentos médicos, equipamentos para alimentos e facas.

Ferro fundido

Essa liga é composta de ferro, silício e carbono. Essa combinação de materiais dá a essa liga ferrosa seu acabamento resistente, perfeito para uso geral, desde motores de automóveis a canos de água, fogões e tampas de furos de utilidades.

Ferro forjado

O ferro forjado contém uma quantidade tão pequena de carbono que é praticamente ferro puro — mas ainda contém o suficiente para ser considerado uma liga. O ferro forjado é, normalmente, utilizado para portões, cercas, correntes, pregos, arame farpado e grades.

Lista de metais não ferrosos

Confira uma lista com os principais metais não ferrosos existentes.

Alumínio

Facilmente fundido e forjado, e também adequado para ambientes intensos e de alta temperatura, o alumínio tem diversas aplicações, desde materiais de aeronaves e linhas de transmissão a utensílios de cozinha.

Cobre

Este metal não ferroso altamente dúctil tem uma alta taxa de condutividade para eletricidade e calor, ideal para a indústria elétrica, onde é frequentemente usado como um condutor eficaz. Também tem aplicação para fiação, eletrodomésticos e veículos, bem como telhados de chapa e até mesmo para ajudar a fazer latão.

Latão

Principalmente uma liga de cobre e zinco. Dependendo da quantidade de zinco ou outros elementos adicionados ao latão, a composição pode mudar. Tem uso na indústria de armamento, ornamentação, tubos de condensador, terminais elétricos, porcas e etc.

Chumbo

Este metal macio e altamente maleável apresenta baixo ponto de fusão e baixa resistência à tração. Essas características o ajudam a resistir à corrosão ainda mais do que a maioria dos metais não ferrosos, ao mesmo tempo que o tornam ideal para canos, baterias, e até mesmo construção de edifícios, solda e cabos de energia elétrica.

Metais ferrosos e não ferrosos: um é melhor que o outro?

Embora existam diferenças distintas entre as duas categorias, seu uso não dependerá apenas da disponibilidade geral do material, mas do uso do produto fabricado.

Assim, no final, eles são vitais e necessários em diversos setores industriais e um ser melhor que o outro se resumirá a projetos individuais!

Tabela comparativa

Características Ferrosos Não ferrosos
Contém ferro ✔️  
Alto ponto de fusão ✔️  
Não enferruja   ✔️
Não magnético   ✔️
Maleável   ✔️
Mais forte (na maioria dos casos) ✔️  

Diferenças no uso industrial

Confira as diferenças de uso industrial entre metais ferrosos e não ferrosos.

Aplicações de ligas de metais ferrosos

Por sua qualidade magnética, são recomendados para aplicações elétricas ou de motores.

Os metais ferrosos também são úteis na indústria da construção devido à sua durabilidade. Arranha-céus e pontes, bem como tubulações industriais de grande escala, contêineres de transporte, automóveis e trilhos de trem, todos dependem de metais ferrosos.

Ainda têm aplicação em objetos domésticos mais comuns, como facas, ferramentas e ferragens domésticas.

Usos de metais não ferrosos

Devido à sua leveza, juntamente com seus níveis impressionantemente altos de durabilidade e maleabilidade, os metais não ferrosos são uma alternativa atraente aos metais ferrosos, especialmente na indústria de manufatura.

São a escolha principal para projetos de telhados, placas de propaganda ao ar livre, calhas, canos, placas de rua e qualquer outro material ou substância que esteja continuamente exposto aos elementos externos e às condições climáticas adversas. Também são úteis em aplicações de fiação.

Metais ferrosos e não ferrosos – Orçamento online

Está procurando por aços ou metais não ferrosos para sua indústria? Aqui na Aços Nobre você encontra um vasto estoque de materiais para pronta-entrega. Solicite seu orçamento, será um prazer te ajudar a escolher o melhor metal para sua demanda. Nossa equipe retorna rapidamente seu contato.

Solicitar Orçamento
« voltar topo ↑